Lp

Translate to your language

Total de visualizações de página

sexta-feira, 12 de março de 2010

MENSAGEM PASTORAL - Os desafios do Cristão

       Quando Jesus chamou os seus discípulos, ele os chamou para serem conforme Ele foi. Ele não os havia chamado para serem ricos empresários, nem tão pouco, exímios pescadores ou talentosos pregadores.
       O Senhor Jesus Cristo os havia chamado para uma missão, que eles teriam que cumprir, pregar o evangelho que são as “boas novas de salvação” para os pecadores.
Para isso o cristão precisa ser:
I – Ser o “Sal da terra”. Vers. 13 – As propriedades do sal são muito conhecidas para nós e principalmente às donas de casa. O sal, por exemplo, serve para dá sabor aos alimentos.
       Serve para conservar alimentos também. Serve para dar sede e outras propriedades. Mas quando usado em demasia pode deixar alguém hipertenso ou estragar a comida.
       Quando o Senhor disse: “vós sois o sal da terra”; é que este sal, usado na medida certa serviria para conservar este mundo, que por falta do “sal”, se encontra no estado de putrefação.
       Mas o sal precisa ser aquele que dar sabor às coisas. Se ele for insipido, para nada mais presta a não ser para ser pisado pelos homens. Insipido significa: sem sabor, sem graça, desagradável, monótono. Nós como o sal da terra, precisamos salgar e dar sabor. Se você é um sal que não tem estas propriedades, você corre um sério risco de ser pisado pelos homens.
II - Ser “A luz do mundo”. Vers. 14. - A luz tem a função de brilhar. Mas ela pode brilhar mostrando as nossas virtudes, quando estivermos andando e agindo de conformidade com a Palavra de Deus. Mas a luz, também pode revelar os nossos defeitos quando estamos distantes de Deus. E o Senhor diz que esta luz não pode ser escondida, mas ela precisa estar em um lugar de destaque e brilhar.
       O nosso desafio é ser esta luz que brilha no meio das trevas. A luz pode ser a menor possível, mas ela faz diferença no meio das trevas. Quanto mais trevas houver, mas ela faz diferença. Em sua casa, você tem sido luz? As pessoas que o conhece, o conhecem como sal da terra e luz do m undo?
       Você tem espalhado esta luz por onde você tem passado? Na sua casa, na sua rua, no seu trabalho, etc? Ou você tem sido uma pessoa que tem tentado esconder sua luz debaixo de um alqueire? Obs: Alqueire: Antiga medida de capacidade, equivalente a 13,8 litros.
       Medida agraria de valor variável. Esta luz tem de brilhar na mais densas trevas. Não pode está escondida, terá que ser colocada no velador, para que todos sejam iluminados por ela.
III - Ser e Ter Um Correto Procedimento. Vers. 16. O cristão agora é desafiado a viver uma vida diferente da que o mundo tem oferecido. O nosso procedimento ou o nosso testemunho, fala mais alto que as nossas palavras. Porque elas (as palavras) se perdem com o tempo, mas o testemunho fala até depois que a pessoa morre (Hb. 11.4).
       Quando nós agimos de conformidade com o mundo, essa luz é manifestada para vergonha nossa. Mas quando agimos segundo e mediante os ensinos da Palavra de Deus, ela é manifestada para a glória Dele. Quando temos um correto procedimento, não precisamos dizer para o mundo que somos cristãos. O nosso testemunho dirá por nós.

Rev. Pastor José Roberto.

Nenhum comentário:

Arquivos do Blog

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...